sexta-feira, 26 de junho de 2009

Nhá? PARTE 1

Olá gente boa... ando meio sumida do blog... trabalhando que nem uma condenada, e morrendo de saudades de todas.


Como nosso encontrinho está chegando, estou começando hoje uma série rapidinha que vai nos ajudar moooooooito!!! São palavrinhas, frases e expressões faladas em Pernambuco, no Rio e no Paraná. Blog Pura Volúpia promovendo a comunicação entre regiões!!! Né brinquedo nãããão!!!


Pra começar...


DICIONÁRIO DE PERNAMBUQUÊS



abestalhado - bobo, besta, pateta (aquela que não deve ser nomeada, como diria Kha, é um exemplo típico)
abilolado - "abestalhado" (também cai como uma luva para ela)
acochado - apertado (roupas de Priscilene, calças de Zezé di Camargo...)
açoite – chicote (uuuuuuui volúúúúúpia!)
afolosado - frouxo, quebrado (melhor não dar exemplos... proibido para menores)
alcatifa – carpete (eita que fazia tempo que eu não ouvia essa palavra, mas na minha época se chamava assim mesmo... alcatifa..)
alpercata - sandália de couro (conheci como ninguém, principalmente a sola... dóóói)
aperreado - preocupado, com problemas, agoniado (estado em que me encontro sem tempo para postar tudo que quero aqui)
a pulso - à força, na marra (ou faz, ou faz!)
arengar - discutir, brigar (Fran e zoiuda no proporcionaram aula prática)
arrasta-pé – forró (olha que isso aqui ta muito bom, isso aqui ta bom demais... São João de Caruaru é bom demaaaais!!!")



arretado(1) - muito bom, excelente, maravilhoso (ex: Êta blog arretado)
arretado(2) - irritado, com raiva de algo ou alguém (a mídia vez ou outra nos faz ficar assim)
arrodear - dar a volta (em algo ou em algum assunto... Fláfio era cracre nisso... arrodeava, arrodeava e num dizia nada que prestasse)
aruá - pessoa muito lerda (lentinha, lentinha)
avexado – apressado (minha vida ultimamente)
badoque - estilingue, atiradeira (o mesmo que bodoque... não sei o porque do A...)
biliro - grampo de cabelo
biscoito/bolacha – você acha que é a mesma coisa? Não, não, não! Biscoitos são "doces", bolachas são "salgadas"!!!
borocochô – triste :(
borrão - bloco de rascunhos
bulir - mexer em algo (eu bulo, tu bules, ele bule..)
buliçoso - aquele que gosta de mexer em tudo
cambitos - pernas finas (também se diz, pernas de sabiá, ou qualquer outro passarinho)
cangalha - pessoa com as pernas arqueadas (lê-se: cangáia. Parece que a pessoa acabou de descer do cavalo)
cão chupando manga(1) - o bom, o cara que sabe tudo, o tal, o "tampa de Crush", o "supra sumo", a “bala que matou Kennedy”.
cão chupando manga(2) – pense numa pessoa feia... pensou? Pronto, é ela!
carecer - precisar de (ex: Mais bolo, seu Zezinho? Carece não, D. Mariazinha)
chamegar - namorar, se esfregar no namorado (huuuum volúpiaaa)
chapoletada - pancada forte (procure não levar uma! ;-) )
cheguei - de corres berrantes (algumas das muitas roupinhas da nossa Fofura linda... e das minhas também hehehe)
cotôco - resto ou pedaço (chama-se alguém muito pequeno de “cotoco de gente”)
créu - utilizado quando algo é muito difícil (ex.: Eita negócio difícil do créu)
de jeito maneira - de modo algum (não tem perigo de acontecer, nem a pau!)
de rosca - algo difícil de ser realizado, duro de sair (Por que julho não chega? Parece que está de rosca)
dor de veado - dor abdominal que dá em quem bebe muito líquido e vai fazer exercício logo depois (já ouvi dizer que vem do original “dor desviada”... muito lady pro meu gosto)
diadema - tiara
eita - exclamação (Eita, lugar lindo da peste, esse meu Recife!)


esmolé - mendigo, pedinte
estar com a bexiga lixa, estar com a (febre) bobônica, estar com a macaca, estar com a moléstia - estar com o diabo no couro, estar com tudo, estar muito “arretado”
fazer feira - comprar em supermercado (ou na feira, claro..)
fecheclér - zíper, fecho de calça (vem do francês "fecho ecláir"... chique)
fera - sujeito recém-aprovado no vestibular
filar - olhar a prova dos outros
frango – veado (Fláfio)

frouxo – medroso (Mai, quando o assunto é viagem de avião)
fuleiro - de má qualidade (objetos), sem-vergonha (pessoas)
fuxico – fofoca (Não quero fazer fofoca! by Veiá)
galego - pessoa loura ou alourada (Babizinha, nossa blogueira linda)
gazear - faltar à aula ou ao trabalho (o que vou fazer agora em julho pra encontrar vcs no Rio kkkk)
gréia - azoação (como será nosso encontro \o/)
iapôis - concordância, é mesmo (- Nessa foto dá pra ver Recife e Olinda, né? - Iapôs!)





inhaca - catinga, mau cheiro (meias de Fran)
invocado - com raiva
leseira - abestalhamento, idiotice, bobagem
liso - sem dinheiro, sem um tostão furado
macaxeira - variedade comestível de mandioca
malamanhado - mal arrumado
maloqueiro - menino de rua, pivete
maneiro(1) - coisa leve, que não tem muito peso (ex: Esse pacote está bem maneirinho)
maneiro(2) - algo legal, bom
mangar - rir dos outros
massa! - interjeição: muito bom, legal, excelente
matuto - caipira, pessoa do interior
munganga – palhaçada, expressões engraçadas do rosto ou corpo
muriçoca - pernilongo
nó cego - problema de difícil solução, sujeito enrolado, complicado
nos cafundós do Judas - muito longe (variantes: "nos quintos dos infernos", "onde o vento faz a curva")
oxe, oxente - interjeições de espanto (corruptelas de "oh, gente!") Chique essa palavra, corruptelas... vou anotar...
pantim - ficar com frescura (Aná: exemplo clássico)
peba - vagabundo, de má qualidade
pirangueiro - sovina, mão-fechada, pão-duro, avarento
peitica - sujeito insistente, renitente (lembram de alguém? Dica: começa com Flá...)
pichaim, pichete - cabelo carapinhas, bastante enrolado (cabelo de mil e uma utilidades)
pipoco – estouro ou algo muito bom (ex: Essa vista aérea do Recife é o pipoco!)


pitó - elastico de cabelo
pitoco - botão de som ou coisa pequena saliente
pixototinha - bem pequenininho (owo... Ju e Kha... :-} )
queijo – frescura (mulher que não tem relações há algum tempo sofrem disso... bando de queijuda)
quenga - mulher sem vergonha ou de programa
rala-buxo - festa onde se pode dançar, forró
roncha - marca roxa de pancada na pele
sarará - pessoa de feições negras e cabelo amarelo ou vermelho
sargaço - algas marinhas
se abrir - gargalhar, rir em demasia
segurar a vela - acompanhar um casal de namorados ao restaurante, ao cinema, etc. (Fláfio)
tabacudo - bobo, "abestalhado", abobado, "abilolado"
tamborete de zona - sujeito baixinho
tirar o cabaço – desvirginar (ui)
torar - partir, quebrar
torar um aço - sentir medo intenso, passar por situação de aperto (Mai no avião, lembram?)
toró - chuva forte
traquino, treloso - menino traquinas, agitado
trubufu - pessoa feia (eu conheço como tribufu, mas tudo bem..)
virado no molho de coentro - estar com tudo e não dever nada a ninguém, ser capaz das maiores realizações (nhá? Pra mim, virado no mói de coentro é alguém danaaaaado, que não paaara, viraaaado)
vôte! - interjeição de espanto
xôxo - bem franzino ou pequeno
zambeta - de pernas tortas
zarolho - vesgo, que tem os olhos trocados
zoada - barulho, confusão
zona(1) - local do baixo meretrício (meretrício... chique... prefiro puteiro mesmo)
zona(2) - bagunça, confusão (mala de Fran na casa do BBB)

E aí? Gostaram?

Vou indo, mas prometo que volto logo pra postar os outros dicionáriozinhos...

Beijos volupiosos (by Babi)!

Fonte: AISA
Imagens retiradas de pesquisa no Google

7 comentários:

Sonia/PE disse...

Muito bom ver meu Pernambuco em destaque aqui nessa sua linguagem alto astral depois desse dia triste em q se foi a lenda viva do pop, Michael Jackson!
Sou admiradora desse blog, acho uma delícia esse cantinho!
A propósito, vou aproveitar e copiar o dicionário do nosso pernambuquês pra passar pras minhas amigas do orkut (tem de todos os lugares, de norte a sul desse Brasilzão! rsrs), espero q vc ñ se importe!
Bjo grande no coração e ótimas inspirações pra eu voltar rapidinho aqui... interesseira eu, né?! kkkkkkkk

Ju disse...

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaai que eu adoreeeeeeei, Kaaaaaau! kkkkkkkk
muito engraçado, eu lendo, amarrando meu cabelo com meu pitó pra não parecer tribufu (sim, é trIbufu pra mim tb!) achando uma gréia esse post e pensando as vezes com algumas palavras: "oxe, mas isso é assim mesmo, e como seria? Vôte! hahahahahhaahahha
muito bom, muito bom, vamso promover o mix cultural, em julho quem quiser que entenda todas as expressões :D
Vai ser "o pipoco", esse menina, arretado demais!!!

Kha disse...

ahhahahahahaahhahahahahahha to chorando de rir aqui!!!
melhor do que as palavras, sao suas explicações kku!!!
adorei!!

Babi disse...

ashuashuahs nossa! parece outra realidade de tanta gíria!
muito bom msm
bjoss agalegados da loira vos fala

rsrs

Kacau disse...

Sonia, pode copiar meeesmo.. vamos divulgar nossa lingua hehehe... pódêxar que estaremos sempre nos inspirando ;)

Ju.... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Kha... o próximo é o do Paraná... vou precisar de tua assessoria :P

Babi, galeeeeeeeeeega :P

ai ai saudades de vcs...

Tacy ; ) disse...

aaaaaaa adorei esse Dicionário Pernambuquês!
muito boa essa idéia de promover esse encontro de cultural aqui no blog!

Ano passado uma miga minha de Fortaleza veio pra cá e nós morremos de rir com algumas palavrinhas que aqui significa uma coisa e lá outra, um exemplo foi a gente falando de Diadema(Tiara) e ela disse que não conhecia por esse nome, que lá em Fortaleza chama-se Gigolete (?) sim, muito estranho e até hoje quando lembramos disso caímos na risada! hahahahaha
eita Brasil arretado, sô! hihihihi

Kacau disse...

Pois é, pois é, Tacy... êta país grande esse heheh... cada cantinho com sua língua propria e característica...