terça-feira, 19 de maio de 2009

Reportagem da Quem

A vida de Fran e Max na casa nova.

Morando juntos em um apart-hotel há três semanas, o casal formado no BBB9 revela a QUEM como tem sido a convivência a dois longe do olhar de milhões de pessoas.

Por Valmir Moratelli




Em um apartamento de quarto e sala no 8° andar de um apart-hotel em Copacabana, bairro da Zona Sul do Rio de Janeiro, Max Porto, 30 anos, e Francine Piaia, 25, buscam sossego. O casal, formado nas primeiras semanas do Big Brother Brasil 9, só agora leva uma vida de namorados pra valer – longe das câmeras, dos microfones e de milhões de olhares curiosos. Eles estão morando juntos há três semanas e abriram, com exclusividade para QUEM, as portas de sua casa e de sua vida em comum – o que inclui questões como o pagamento de contas, os afazeres domésticos e as intimidades que rolam entre quatro paredes. “Nossa relação é democrática, dividimos todas as despesas e tarefas”, diz Max, o agora milionário artista plástico, vencedor do programa.

O lugar não oferece nem de longe o espaço que eles tinham na casa do BBB9. “Isso aqui ainda é provisório”, afirma Francine. “Vamos alugar daqui a alguns meses um apartamento na Barra da Tijuca. Estamos neste flat por ser discreto e cômodo.” Por todo o apartamento há caixas de presentes enviadas por fãs. “Não fotografa a televisão, não. Ela é pequena e, aí, o que vai ter de gente mandando tela de plasma...”, pede Max (hahahaha não duvido NADA). Não é exagero. Nas mais de 200 cartas (receberam a nossa? diz que sim, pleeeeease) que eles recebem por semana, há gente oferecendo de viagens a sofá novo (oxe, oferece viagem pra mim que não ganhei milhão nenhum e nem vou posar pra playboy). “Não temos ainda nossos móveis porque vamos esperar para comprar depois que acharmos uma casa. Mas tem fã que quer nos ajudar até nisso”, continua ele, mostrando as quatro caixas de vinho cabernet sauvignon (humm fran vai ficar bebinha bebinha) e um conjunto de taças de cristal recebidos naquele dia.

No quarto, o armário de três portas e quatro gavetas é pequeno para tanta coisa. Daí, a decisão de assumir uma certa bagunça (Fran adooora!). Parte das roupas fica amontoada em malas abertas pelos cantos. Numa mesinha, um laptop divide espaço com miudezas. A seguir, o melhor do bate-papo com o casal por todos os cômodos da casa.

Enfim, sós: Max e Fran estão dividindo um quarto-e-sala em Copacabana (olha o benhe baby ali no canto).

Enfim, a privacidade
Sim, eles dividem o mesmo edredom (óbvio né?). Para dormir, Max veste a calça do pijama da Fran (ué, cade a calça azul? Tomara que Fran tenha jogado fora). “Ele fica fofinho, gostosinho” (que delícia), elogia ela, que costuma usar roupas largas e divertidas, como este macacão rosa com estampa de vaca (Fran fez a festa na Puket hein, lindo esse macacão). “Max adora que eu durma com esta roupa”, diz ela. O casal conta que acorda junto, não antes de meio-dia (como de costume). “É porque dormimos muito tarde, quase 4h da manhã” (não mudou nada então), afirma ela. Quem ronca? “Ele, mas é só às vezes.” (a gente sabe). Max controla o ar-condicionado, bem mais forte do que ela acha normal. “Ar-condicionado é coisa de Deus, ele inventou isso depois que criou o mundo”, brinca Max. (concordo, ar-condicionado é essencial)

Nas primeiras semanas fora do programa, Francine achava que ainda havia câmeras os observando (bem que a gente queria). “Mas a sensação já passou. Agora dá para falar sacanagem sabendo que minha mãe não está escutando”, diz ela (hahaha sempre preocupada com a mãe). “É tudo muito recente. Agora é que a gente está sentindo que está namorando, com privacidade e confidencias”, afirma ele.

Sem fogão e com regalias
Max pega um prato para mostrar que sabe lavar louças (sabe nada, lavava tudo mal lavado que eu lembro, sem contar a demora ahahaha). “Mas eu odeio isso, é a pior tarefa doméstica”, diz ele. Já Fran gosta de preparar quitutes (prendada que só ela). “Aqui não tem fogão, então a gente prepara sanduíches de presunto e queijo. Eu faço o café-da-manhã dele. Ele não gosta de cozinhar”, diz ela (ela não cansa de cuidar dele nunca né? linda demais!). “Curto, sim, de vez em quando!”, interrompe Max. O título de bagunceira fica com ela. “Mas eu me acho na minha bagunça.” (a gente lembra, Fran, a gente lembra...)
A vida a dois, até agora, tem lá suas regalias. “Não passamos nem lavamos roupa. Mandamos para a casa da Bruna (Presmic, assessora de ambos), para a empregada dela cuidar disso. Mas quando essa tarefa sobrar, isso não será dilema. Ele até passou minhas roupas no programa”, diz Fran. (que folga!)



O banheiro da discórdia
É no banheiro que surge o ponto de discussão do casal. A pia, cheia de cremes e maquiagens dela, é alvo de críticas de ambos os lados. Max acusa-a de entupir o ralo com os cabelos que desprende do pente (todo homem reclama disso, impressionante). Fran rebate, dizendo que o ralo entope quando ele faz a barba. “Você há de convir que pelo de barba desce com facilidade no ralo, mas cabelo grande, como o seu, fica preso pelo caminho”, diz ele, com a voz alta, como se estivesse brigando com ela (PIIIIITCHOOOOOO).

Mesmo afirmando que não tiveram nenhuma grande discussão até hoje, eles relembram o dia em que Max saiu do banho e esqueceu a toalha em cima da cama. “Eu fui perguntar por que ele fez aquilo. Ele veio na boa, tirou a toalha e pronto. A gente não esquenta a cabeça com tampa do vaso levantada. Não temos crise por causa de rotinas domésticas. Não tem estresse, somos igualmente relaxados”, diz Fran. O problema de ocupar territórios não passa da porta do banheiro, segundo eles. “Uso até os xampus dela. Olha como meus cabelos estão bonitos”, diz Max, fazendo graça (dia de princeso nele Fran). “Mas quer saber? Ela molha muito o banheiro. Eu deixo lá. Seca sozinho”, continua ele. “Mentira! Ele nunca está satisfeito”, brinca Fran. “Daqui a pouco você vai falar que não teve nada de surpresa em mim. Nada te surpreendeu neste corpo? Diz!”, provoca ela (consigo imaginar ela falando isso, vocês também?). “Pronto, estamos tendo nossa primeira briga”, rebate Max. Ela continua, mais séria: “Não dá para falar que não brigamos. A gente tem desentendimentos normais. A gente dialoga depois e logo se entende. Estamos nos afinando ainda, estamos tendo que nos reinventar, viver essa fase a dois”, diz ela. (nossa Fran, que mulher madura ahahaha)

Com escolta
Eles ainda não fizeram juntos as compras do mês. Quem vai ao mercado é a assessora, Bruna Presmic. “Na lista, não pode faltar leite, pão, café e empada de frango de microondas”, diz Fran. “E frutas frescas”, lembra Max (e goiaba). Ir à praia, a algumas quadras de onde moram, nem pensar. É grande o assédio. Num final de semana, foram a um shopping, na Barra da Tijuca, comprar maquiagem e cílios postiços para Fran (muito rímel). A loja teve que fechar as portas por causa do tumulto provocado pelos fãs. “Tivemos que sair escoltados”, afirma ela. Para ir ao cinema, preferem as sessões noturnas. “Fomos duas vezes. A primeira, para ver Velozes e Furiosos 4. A outra, para ver Wolverine. Sugeri e a Fran topou”, diz Max, que dispensou os seguranças da TV Globo após o segundo dia fora do programa.



Disputa no videogame
O passatempo preferido do casal é o videogame, que fica instalado na mesma TV que o aparelho de DVD e a TV a cabo, na sala. Não há brigas pelo controle remoto. “Não tem essa, porque gostamos de coisas parecidas”, afirma Max. A discussão só surge quando há sangue no Street Fighter, seu jogo preferido. “Ele joga mais do que eu. Mas disputamos pra valer. E sabe que até ganho com frequência?”, diz ela. “Ah, sem exageros. Também não é assim. É só de vez em quando”, rebate ele. (hahahahaha eles são muito lindos, como podem não gostar?)

Como a família da Fran é do Sul do país, da cidade de Rio Grande, fica difícil eles irem ao Rio para visitar os dois. Por isso, é Max, carioca, quem mais recebe os amigos e parentes em casa. É na sala também que eles leem juntos as cartas e e-mails que recebem. “São 10 mil e-mails diários para perguntar se já estamos separados. A gente dá risada das notas que saem. Como o Max diz, nada tira a nossa verdade”, afirma Fran (como Max diz, estou travando uma batalha comigo mesmo, deixa eu me permitir, e ACREDITAAA! ahahaha). “A Fran foi a São Paulo resolver alguns problemas, e eu fiquei no Rio. Só isso já foi o suficiente para falarem de crise na relação. Se a gente viaja separado, é uma histeria absurda, o povo cria uma calamidade à toa”, reclama ele. “Meu povo, a gente tem GPS nos celulares, estamos cientes do que cada um está fazendo”, diverte-se Fran. (resumindo, CUIDEM DE SUAS VIDAS)

Despesas divididas
O projeto do casal é alugar um espaço maior, em alguns meses. Ele quer que o apartamento seja de três quartos, para que um sirva de oficina para seu artesanato de bonecos de argila. Já Fran, ex-professora de curso de modelagem para crianças, ainda não sabe que tipo de trabalho fará. “O quer vier é lucro”, diz ela, que em breve estampará nua a capa de uma revista masculina. “Me preocupo com o que o pessoal vai pensar da gente. O programa acabou, agora é a nossa vida. Temos o cuidado de informar aos fãs o que estamos fazendo, mas precisamos de paz. É preciso que respeitem isso: acabou o jogo, não somos artistas”, diz Max. (deixem eles viverem)

No quesito finanças, eles garantem que dividem as contas e dizem que ganham separadamente pela presença em eventos. “A divisão de contas é bem justa. Pagamos tudo igualmente. Estamos juntos porque a gente se gosta. Não estou aqui escorada nele, para ele pagar aluguel para mim”, diz Fran (isso mesmo Fran, se valoriza). “Não há interesse em dinheiro. Não nos permitiríamos uma relação de parasitar sobre outra pessoa”, afirma ela (duuuvido que ela tenha usado essas palavras), que cobra, em média, 8 mil reais por evento. Max não sai de casa por menos de 12 mil. Se pensam em casamento? “Pensar em casamento, sim. Mas é uma conquista de cada vez. Estamos juntos só há três semanas. Existe, sim, a individualidade, mas a gente se acostumou a estar sempre junto. É uma baita vitória morarmos a dois”, diz Max. (que 3 semanas? Tão loucos? Tá, mas esperem mesmo pra casar)


Créditos:Sandra Gouveia e Max Porto Oficial.

Tem nem mais o que comentar... ai ai, são umas delicinhas mesmo!

10 comentários:

Kacau disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH coisa linda esses dois... é como vc disse, Kha, parece que estamos ouvindo eles falando... menos naquela parte que disseram que a Fran disse "Não há interesse em dinheiro. Não nos permitiríamos uma relação de parasitar sobre outra pessoa” kkkkkkkkkkkkkkkk tb num vejo ela falando isso kkkkkkkk

AMEI!!! Correr nas bancas pra comprar....

Babi disse...

ahuahauhauhauaahhu TO RINDO ALTO!!!!

Otimo ve-los assim, juntos, bem, felizes, sem lavar e nem passar roupa e indo em sessoes noturnas de cinema aahuahau

só uma ressalava: AQUELE SAPO MALDITO NAO MORREU???

MORRA SAPO MALDITO!!!! MORRA!!!


REPORTAGEM MARA E KHA ARRASOU NOS COMENTS AHUAHAUA

Ju disse...

aaaaaaaaaaaaah, vou ter que comprar esse pijama tambéééém! Puket, aí vou eeeeeeeeeu! :D

Anônimo disse...

"Estamos juntos só há três semanas." (creio que ele quis dizer.. morando juntos e sozinhos - no apart)"Existe, sim, a individualidade, mas a gente se acostumou a estar sempre junto." (deve ter sido resposta para alguma pergunta do tipo... mas vocês não se desgrudam nunca... hehehehhehe):)

May disse...

Ain q lindoss esse dois!*-*
foram feitos sob encomenda um pro outro!
Maxine♥

Érika - MAXINE disse...

Cara a primeira coisa que eu reparei na foto foi o benhê baby .. kkkkkkkkkkkkkkkkkk' .. Tava doida pra comentar com alguém que bom que cê viu também *--* !! Valeu pela postagem e comentário porque nem todo mundo pode comprar a QUEM e eu sou uma delas =/ .. Beijão ;* !

Anônimo disse...

Oieeeee

Amei a reportagem!lindo lindo adorei
era tudo o que eu queria já que não tem mas cameras neles rsrsrsrsrsrsr


Meninas volupiosas muito sucesso para vcs, o blog estar lindo e não é elogio de mãe coruja rsrsrsrsrsrs

bjs mamy ou tia zilda

Babi disse...

Valeu Éricaaaaaa

Comente sempre ok, seja nosso termometro de agrado ao público auhahua
Aquele sapo me irrita! ahuahauha
bjaooo

Annita disse...

ameiiiiiiiiiiiiiiiii a reportagem , as fotos que coisinha mais linda!! valaw casal maxine!! Deus o abençoi!!

chinesinha disse...

muito fofo essas fotos dos dois junto,adorei a reportagem.e eles formam um casal lindo!!!!
:)