quarta-feira, 17 de março de 2010

50 Filmes de 2010 [3]

Continuando a listinha básica dos 50 filmes de 2010:

- Jogos Mortais VII



Provavelmente o último capítulo de uma das séries de maior sucesso dos últimos tempos, seguindo a nova tendência do cinema, Jogos Mortais 7 tembém usará a tecnologia 3D. Os roteiristas Marcus Dunstan e Patrick Melton, de Jogos Mortais 4, 5 e 6, foram contratados para escrever o sétimo, oitavo e novo filme da franquia.

Pelamor! Quando é que isso vai parar?

- Karatê Kid


Por uma necessidade profissional, mãe solteira é obrigada a ir trabalhar na China e com ela levando o filho adolescente. O garoto é quem mais sofre os problemas de adaptação, tendo de lidar com o preconceito e a dificuldade de comunicação com os jovens de sua idade. É quando ele conhece um senhor idoso, mestre em artes marciais. O menino passa a tomar aulas de karatê, tornando-se ele mesmo um grande lutador. Refilmagem do clássico adolescente "Katarê Kid".

Opa! Remake! ADORO! Agora não sei vocês, mas fiquei com a impressão que esse vai ser uma bela porcaria.

- Legião


No suspense de ação sobrenatural Legião, uma lanchonete afastada torna-se um improvável campo de batalha que assegurará a sobrevivência da raça humana. Quando Deus perde a fé na humanidade, ele envia seu exército de anjos para iniciar o Apocalipse. A única esperança da humanidade reside em um grupo de pessoas que não se conhecem e que estão na lanchonete deserta e no Arcanjo Miguel (Paul Bettany).

E aí, o que acharam? Tem tudo pra ser bom, mas tem tudo pra ser uma droga. Esperar pra ver, que por sinal não veremos no cinema, somente em DVD aqui no Brasil.

- O Aprendiz de Feiticeiro


Balthazar Blake (Nicolas Cage) é um feiticeiro que mora em Manhattan. Ele busca defender a cidade de seu arquinimigo, Maxim Horvarth (Alfred Molina), mas não é capaz de cumprir esta tarefa sozinho. Para tanto, ele recruta Dave Stutler (Jay Baruchel), um rapaz comum mas com um potencial oculto, para ser seu aprendiz. Balthazar passa então a ministrar um rápido curso na arte e ciência da magia, de forma a torná-lo seu aliado na luta constante contra as forças de Horvarth.

Eu queria entender qual é a pira do Nicolas Cage em fazer filmes assim. Não sou muito fã dele, mas enfim, acho que vale a pena conferir.

- O Fim da Escuridão


Thomas (Mel Gibson) é um detetive policial que testemunha o assassinato da filha ativista na porta de sua casa. Perturbado pela perda e convencido de que ele era o alvo, Thomas parte para uma investigação obcecado por justiça. As evidências o levarão a descobrir um complexo esquema de corrupção envolvendo políticos e a indústria de armas nucleares norte americanas.

É uma refilmagem de Edge of Darkness de 1985, que eu nunca assisti. Acho que pra quem curte esse estilo de filme, vai ser legal. Não faz muito meu estilo.

- O Livro de Eli


Eli (Washington) é um guerreiro solitário que sobreviveu a um não muito distante futuro pós-apocalíptico. Sua missão é atravessar os EUA para conseguir passar adiante conhecimentos que podem ser a chave para a redenção do planeta, escritos em um misterioso livro.

Parece interessante. Se não abusar dos efeitos especiais e manter o ritmo de uma boa história, tem tudo para conquistar o público.

- O Lobisomem


'O Lobisomem' mostra a história de um homem que retorna da América para sua terra ancestral para ver seus pais e no caminho é mordido por um lobisomem. Talbot começa sua assustadora transformação sob a lua cheia. Benicio Del Toro ficou com o papel imortalizado por Lon Chaney no original. O roteirista de 'Seven - Sete Crimes Capitais', Andrew Kevin Walker, escreveu a refilmagem.

Achei uma droga de filme. Sangrento demais, sem necessidade. A história é a clássica, mas não gostei dos efeitos não. Achei o lobisomen muito mal feito.

- O Mundo Imaginário do Doutor Parnassus


O Dr. Parnassus (Christopher Plummer) tem o dom de inspirar a imaginação das pessoas. Dono de uma companhia de teatro itinerante, ele conta com a ajuda de seu assistente Percy (Verne Troyer) e do mágico Anton (Andrew Garfield) para oferecer ao público a chance de transcender a realidade e entrar em um universo sem limites, o qual pode ser alcançado ao atravessar um espelho mágico. Tony (Heath Ledger) foi encontrado pela trupe dependurado em uma ponte, à beira da morte. Após ser salvo, ele passa a integrar a equipe, como forma de escapar de seu passado. Em uma tentativa de modernizar o show, ele termina por conhecer o novo mundo oferecido por Parnassus e passa por diversas transformações no decorrer de sua viagem. Só que esta mágica tem um preço e ele está perto de ser cobrado ao Dr. Parnassus: sua preciosa filha Valentina (Lily Cole).

Esse filme eu muito quero ver por um motivo especial: Heath Ledger estava em meio às filmagens quando morreu. Aí Gilliam quase teve de fechar as portas de sua produção. E foi aí que entraram os amigos Johnny Depp, Jude Law e Colin Farrel, que deram um passo à frente e se ofereceram para terminar o papel que o australiano interpretava. As cenas em que os três atores aparecem se passam dentro do tal mundo imaginário do Dr. Parnassus e lá você pode ser quem você quiser. Quem você sonhar. E por isso, a mudança de atores, que muita gente pode até estranhar no início, veste como uma luva em uma daquelas mãos que tem uma cabeça no seu topo.

Ou seja, com uma história dessas e um elenco desses, tem como não assistir?

- Onde Vivem os Monstros


Max (Max Records) é um garoto travesso mandado de castigo para seu quarto depois de desobedecer a mãe. Porém, a imaginação do menino está livre e o transporta para um reino desconhecido. Encantado, Max parte para a terra dos Monstros Selvagens, onde Max é o rei.

Adoro filmes assim, estilo Nárnia e História Sem Fim.

- Os Mercenários


A história de um grupo de mercenários, classificados como dispensáveis, que tem como missão lutar para combater um ditador na América Latina. Juntos eles possuem uma marca, a tatuagem The Expendables.

Sylvester Stallone? Sério mesmo? Puts! Dispenso.

Fonte.

Faltam só 20. Não desanimem.

Beijos,

3 comentários:

Mokka disse...

O Livro de Eli eu assisti, é mt bom.. Com Gary Oldman tb, acho q Denzel e Gary é sucesso certo, os dois só fazem filme bom :)
quero ver O Mundo Imaginário do Doutor Parnassus por conta do elenco maravilhoso..
Pq ainda insistem em Jogos Mortais??? Odeio esses filmes ¬¬

Ju disse...

Se tem uma sequência que JÁ DEU desde o segundo filme é jogos mortais. Te conta, viu? Ninguém aguenta mais essa palhaçada. Eu vi os dois primeiros pq fui obrigada pelas circunstâncias de estar com gente que queria ver, nem em sonho, ou melhor, nem em pesadelo que eu continuo acompanhando essa porqueira.

Karate Kid tb não é a minha, talvez veja em casa pra poder comentar, mas ir ao cinema por ele com ctz não rola.

é, legião é um risco, tudo pra ser bom com essa trama, mas tem muito carinha de porcaria... esperar pra ver.

Nicolas Cage, pq vc faz isso? Eu até gosto dele, adorei 'a lenda do tesouro perdido' e tudo mais, mas ele tem umas de fazer cada filme...

O do Mel Gibson não me interessa mto tb...

Como Mokka indicou vou ver 'O livro de Eli', parece bom realmente
O lobisomem eu infelizmente vi, coisas que a gente faz numa tarde de quarta de cinzas, né? é uma droga, conheço ninguém que gostou, filme nojento e mal feito, pegaram um filme antigo e simplesmente mudaram os atores pq os efeitos são os mesmos de 1900 e bolinha quando fizeram o primeio, o lobisomem parece uma macaca tipo aquelas mongas de parque, sabe? uó

Dr. Parnassus tem Jude Law e Heath, preciso nem ler sobre oq se trata pra saber que assistirei com toda certeza!

Stallone? Vivo? Sério? Não dá pra mim. NÃO mesmo.

Babi Cardozo disse...

Ahhhh Adoro Jogos mortais! E vejo no cinema hahahahaha! Gosto de sangue, gente!

O Livro de Eli eu assisti, é mt bom.. Com Gary Oldman tb, acho q Denzel e Gary é sucesso certo, os dois só fazem filme bom :) [2] Fenomenal!

Stallone? Vivo? Sério? Não dá pra mim. NÃO mesmo. HUASHUAHSUHAUS
E com bonus de aturar Gissele itiê, ex bela, a feia. Merecemos? não mesmo!