sexta-feira, 22 de abril de 2011

Glee 2×17 - A Night of Neglect

Terça passada tivemos Glee de volta, mas ainda fiquei com aquele gostinho de saudades. Talvez eu esteja sendo muito exigente ou simplesmente mal acostumada depois das regionals com maravilhosas músicas originais, mas considero “A Night of Neglect” um dos episódios mais fracos da temporada, não fiquei com vontade de baixar nenhuma das músicas.

A proposta principal foi dar espaço para os mais esquecidos no Glee Club, a ideia de fazer eles escolherem músicas de artistas esquecidos ou pouco valorizados no mundo da música real foi ótima.

Se é sobre os esquecidos, entram em cena Mercedes (somando todas as falas dela na temporada não deve dar 10 minutos), Tina, Other Asian e Sunshine, a nova estrela do Vocal Adrenaline. Ninguém pode negar a potência dessa voz:


Sunshine apareceu pra mostrar que ainda vive e pra prometer público no evento Gleek através de seus seguidores no twitter, mas foi embora tão rápido que continua no esquecimento. Vamos ver o que ela promete para as Nacionals com o Vocal Adrenaline.

Mercedes de diva estava muito boa, uma verdadeira filha da mãe. Fiquei com pena dos possíveis filhotes de cachorro que serviriam de toalha caso fizessem as vontades dela. Other Asian, aka Mike Chang, teve uma música só para ele e reforçou o quanto detona na dança:


Um dos pontos altos do episódio foi a liga do mal liderada por Sue, que quando resolve ser ruim é simplesmente ótima. Uma pena ela ter convidado Terrible para o grupo, eu estava bem sem ter que agüentar essa personagem tão chata. Sandy, a “Adaga Cor de Rosa” foi uma boa ideia no episódio, sobretudo por nos dar mais uma frase para usarmos em nosso cotidiano: “Você foi cutucado, cutucado pela adaga”. O Mr. Handsome também foi uma boa, cumpriu bem sua missão de complicar a relação de Will com Holly e abrir espaço para que Gwyneth desse tchau, mas não antes de cantar Turning Tables:


Quem não achou a liga do mal tão legal quanto eu foi Tina, que não agüentou a pressão dos haters e deixou o palco antes de acabar de cantar “I Follow Rivers”:


Poor Asian. Ao menos você foi lembrada, Tina, todo mundo comentou sobre essa cena quando foi ao ar na terça. A vida é assim, sempre existem aqueles que sentem prazer em fazer sofrer e alguém precisava servir de exemplo para que Glee tratasse disso, sobrou pra ela.

Finalmente a série resolveu fazer uma coisa que já estava passando da hora, deixar o lado cômico de lado e tratar o TOC como o que realmente é: uma doença. Espero que não fique só naquela cena entre Will e Emma e eles desenvolvam mais o assunto. Acho que vai acontecer nos próximos episódios, o gancho já foi lançado.

Sobre os Brainiacs eu só tenho uma palavra: GENIAL. Estendam o tapete para quem teve a ideia de comprovar a superioridade intelectual de Britt num concurso sobre doenças felinas passar.

Se é pra falar sobre esquecidos, claro que Rachel, Finn e Quinn quase não deram as caras, mas vale comentar que toda aquela interpretação de “Get it right” não foi suficiente e Quinn continuou levando a melhor com Finn. O bom é que Jess está para voltar a qualquer momento, aí eu quero ver no que vai dar.

Pra compensar o tanto de negligenciada que estava na série, o show se encerra com Mercedes, cantando Aretha Franklin e mostrando que nasceu para ser diva:


O que falta para Mercedes é exatamente o que Rachel disse pra ela, é querer ser uma estrela mais do que querer ser querida por todos ou qualquer outra coisa. Vê se aprende e para de baixar a cabeça, mulher!

Fico aqui na ansiedade pelo episódio da próxima terça, que vai ter 90 minutos e “Born This Way”. 

Geralmente quando Glee dá uma caída numa semana a gente pode se preparar porque eles vêm com tudo no episódio seguinte, tenho certeza de que na próxima review estarei aqui comprovando isso com vocês.

Aproveitem o final de semana para treinar “Born this Way” versão Glee, ficou mara:


Beijos,

1 comentários:

Mokka disse...

Realmente esse episódio foi chato! Só quero ver o que a Teri vai aprontar ¬¬ Esperando ansiosamente por Terça .. Overdose de Glee 90 minutos diretoooooos \o/