quinta-feira, 20 de maio de 2010

Ó céus, Ó vida...

Estou em semana de avaliações na Universidade e por isso ando tão sumida aqui do blog, tou dividindo meu tempo entre seminários, planilhas, análises financeiras e estudo de conteúdos para as provas, ou seja, um inferno de semana! Como as saudades são grandes e eu também sou filha de Deus, vim dar um "oi" aqui pra vocês junto com algumas dicas de estudo para que vocês usem e evitem ficar no sufoco em que eu sempre fico por não aprender nunca a fazer as coisas com antecedência, mesmo depois de 7 semestres de Ciências Contábeis prometendo que essa falha seria corrigida. Pior que no fim sempre dá tudo certo, mas enfim, não sigam meu exemplo, só essas dicas que peguei pra vocês:

COMO ESTUDAR:

Estudar exige mais do que paciência e força de vontade. Estudar requer também, muita disciplina e o domínio de algumas técnicas - às vezes, simples - para que o aprendizado seja feito com a máxima eficiência e o mínimo de tempo.

Uma boa dica é não deixar tudo para a véspera (sei...). De fato, não é fácil conseguir motivação hoje, e começar a estudar para uma prova que só será daqui a 2 semanas (exatamente! tenho um blog pra cuidar e muito assunto pra conversar!). Mas isso, é só uma questão de reeducação de hábitos (7 semestres e eu não consegui, se eu fizesse promessa por alguma vida cada vez que dissesse que iria mudar no semestre seguinte eu já estaria estaria presa por assassinato faz tempo). Experimente tirar 2 horas de seus dias, para estudar o conteúdo das aulas dadas naquele dia (já disse que tenho blog e conversa pendente pra cuidar, colega, não ouviu?). Com o tempo, você terá mais facilidade em compreender e memorizar toda a matéria e ainda sentirá uma queda no nível de stress das vésperas de prova, quando o conteúdo se acumula, e você não sabe nem por onde começar a estudar (tá, pelo menos eu sei por onde começar e o stress acaba sendo combustível). Com essa metodologia, o menos vai virar mais. A matéria estará sempre fresca na sua cabeça, e estudando menos, você estará aprendendo mais.

COMO LER BEM:


Qualquer leitor tem como primeiro desafio o de estar pronto para ler: disposto a aprender e aproveitar a leitura. Mesmo em caso de tratar-se, à primeira vista, de mera tarefa e não de algo que possa lhe dar prazer. Essa preparação exige dois pré-requisitos: prestar atenção e evitar a avidez. Devorar centenas de páginas não leva a nada.

Recomenda-se, em geral, que não se passe ao parágrafo seguinte sem ter entendido bem o anterior. Isso você pode conseguir voltando e relendo o trecho quantas vezes forem necessárias e, se preciso, recorrendo a dicionários e enciclopédias. No entanto, não se deve interromper demais a leitura. Por isso, conforme-se em aprender o significado geral, sabendo que, com o hábito de ler, essa tarefa vai ficar cada vez mais fácil. (Por isso que me tranco no quarto e me dano a ler em voz alta e repetir tudo o que entendi, funciona que é uma beleza).
COMO TOMAR NOTA:

A escrita é um poderoso instrumento para preservar o conhecimento. Tomar notas é a melhor técnica para guardar as informações obtidas em aula, em livros, em pesquisas de campo. Manter os apontamentos é fundamental. Logo, nada de rabiscar em folhas soltas. Mas também não se deve ir escrevendo no caderno tudo que se ouve, lê ou vê. Tomar notas supõe rapidez e economia.

Anotar é uma técnica pessoal do estudante. Pode comportar letras, sinais que só ele entenda. Mas há pontos gerais a observar. Quando se tratar de leitura, não basta sublinhar no livro (e ninguém venha meter os marca texto coloridos nos livros perto de mim, fico indiganada, livro NÃO SE RISCA com tinta permanente!). Deve-se passar as notas para o caderno de estudos (fazia isso nos meus velhos tempo de vestibulanda, hoje já em fim de curso...). O aluno tem de se acostumar à síntese: aprender a apagar mentalmente palavras e trechos menos importantes para anotar somente palavras e conceitos fundamentais. Outros recursos: jamais anotar dados conhecidos a ponto de serem óbvios; eliminar artigos, conjunções, preposições e usar abreviaturas.

COMO ESTUDAR EM GRUPO:

Estudar em conjunto é um modo produtivo de fazer render ao máximo o esforço do aprendizado. E há muitas maneiras de os estudantes se ajudarem, mesmo que não se organizem em um grupo. Entre as mais importantes: a comparação dos apontamentos das aulas e das horas de estudos. Assim, trocam-se idéias e verificam-se os pontos fundamentais e os mais difíceis. Não sei vocês, mas eu ODEIO estudar em grupo estudo pra mim é atividade solitária.
Bons estudos pra quem está na mesma lamúria que eu, prometo que volto com assuntos mais divertidos da próxima vez. Deixa eu ir que minha folga já acabou e os livros estão me chamando ¬¬"

Créditos

3 comentários:

Kha disse...

Sai do blog Juliana! Vai estudar!

Babi Cardozo disse...

Juliana! Vá p escola!!! Pare de Postar!!!

HAHAHAHA

Renata disse...

HAHAHAHAHAHAHA
a faculdade me consome muiito também...
caso eu fique sem comentar, é pq estou enrolada... mas eu nunca esqueço do blog ! Nunquiinha =D